Home / Destaque / TJ-BA determina devolução de R$ 4 mil em diárias de investigado na Operação Faroeste

TJ-BA determina devolução de R$ 4 mil em diárias de investigado na Operação Faroeste

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) determinou a devolução de R$ 4 mil em diárias que seriam pagas ao servidor exonerado Antônio Roque do Nascimento Neves. Roque, como era mais conhecido no TJ-BA, era secretário judiciário nomeado pelo então presidente da Corte, desembargador Gesivaldo Britto. Roque está preso por determinação do ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), por envolvimento de vendas de sentenças. Ele é investigado na Operação Faroeste.   As diárias que seriam pagas eram referentes a quatro diárias – cada uma de R$ 1 mil – por uma viagem a Porto Velho, Rondônia, de 6 a 10 de novembro. Roque acompanharia Gesivaldo na ocasião durante o 118º Encontro do Conselho dos Tribunais de Justiça. Servidores de cargos comissionados ou de confiança recebem o mesmo valor de uma diária de desembargador em viagens institucionais.   Em dezembro de 2019, o TJ-BA deu estorno nas diárias que seriam recebidas por Gesivaldo Britto, no valor de R$ 3 mil, para participar do XIII Encontro Nacional do Poder Judiciário, em Maceió, Alagoas, entre nos dias 25 e 26 de novembro. Ele foi afastado do cargo no dia 19 daquele mês, também por determinação do ministro Og Fernandes, por envolvimento em venda de sentenças que favoreciam um grupo na disputa de terras no oeste baiano.

Veja Também

ITABUNA: PREFEITO FERNANDO GOMES PODERÁ ANUNCIAR SEU NOVO PARTIDO NA PRÓXIMA SEMANA

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (sem partido) poderá anunciar na próxima semana seu novo ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *