Home / Destaque / Vice-presidente eleita do TRT-BA não tomará posse nesta terça-feira

Vice-presidente eleita do TRT-BA não tomará posse nesta terça-feira

A desembargadora Dalila Nascimento Andrade toma posse como presidente do Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT-BA) para o biênio 2019/2021 nesta terça-feira (5), às 17 horas, na Reitoria da Universidade Federal da Bahia. A vice-presidente eleita, desembargadora Graça Boness, não tomará posse na ocasião por estar afastada por decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), por acusação de tráfico de influência.   Durante a solenidade, com a presença de diversas autoridades, dentre elas o presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Brito Pereira, serão também empossados o corregedor regional, desembargador Alcino Felizola; e a vice-corregedora, desembargadora Luiza Lomba. O TRT-BA é composto por 88 Varas do Trabalho (39 na capital e 49 no interior) e 29 desembargadores. No último biênio, recebeu uma média de 295 mil processos trabalhistas e repassou à população cerca de R$ 4,6 bilhões no último biênio.   A desembargadora Dalila Andrade elenca como metas prioritárias da sua gestão a busca pela maior efetividade e celeridade da prestação jurisdicional, com ênfase em ferramentas eletrônicas, fortalecimento das estruturas de execução e estímulo da conciliação (veja plano completo abaixo). A magistrada também pretende manter o diálogo com todos os magistrados, servidores e parceiros institucionais para uma gestão transparente, democrática e participativa. “Reitero o meu compromisso de continuar atuando com independência, coragem, respeito, ética e justiça, em prol do fortalecimento da imagem da Justiça do Trabalho”, afirma a desembargadora.   A desembargadora Dalila Nascimento Andrade é natural de Salvador, graduada em Direito pela Universidade Católica do Salvador (UCSal) e pós-graduada em Direito Processual Civil, Direito e Processo do Trabalho e Direito Constitucional do Trabalho. Ingressou na magistratura em 1987, atuando como juíza titular em Varas do Trabalho de Juazeiro, Paulo Afonso e Irecê, e nas 4ª, 13ª e 21ª de Salvador. Foi promovida a desembargadora em 2002 pelo critério de merecimento.

Veja Também

FÓRUM ITINERANTE DE CULTURA, FAEG-SUL, VAI A BUERAREMA, NESTA QUINTA-FEIRA, 21, COM PALESTRAS, INTERVENÇÕES ARTÍSTICAS E OFICINA

O município é o principal ator no apoio à valorização da cultura local. Com o ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *