Home / Destaque / ‘Empresa, comandante do navio e tripulação foram criminosamente omissos’, diz MPF

‘Empresa, comandante do navio e tripulação foram criminosamente omissos’, diz MPF

A empresa Delta Tankers LTD, o comandante do navio Bouboulina e a tripulação foram “no mínimo criminosamente omissos” ao não comunicar o vazamento de petróleo que, segundo a Polícia Federal (PF), pode ser o responsável pelos impactos ambientais na costa do Nordeste. É o que sustenta o Ministério Público Federal (MPF) no pedido de busca e apreensão encaminhado à Justiça Federal no Rio Grande do Norte (leia mais aqui). “É incontestável a existência de fortes indícios no sentido de que navio mercante Bouboulina, da empresa Delta Tankers LTD, foi o navio envolvido com o vazamento de petróleo que gerou uma poluição marinha sem precedentes na história do Brasil”, dizem os procuradores da República, Cibele Benevides e Victor Mariz, no pedido encaminhado à Justiça. O documento foi assinado na última quarta-feira (30). O juiz federal Francisco Eduardo Guimarães Farias, da 14ª Vara em Natal deferiu o pedido no mesmo dia.  “Também há fortes indícios de que a empresa Delta Tankers, o comandante do navio mercante Bouboulina e sua tripulação foram no mínimo criminosamente omissos ao deixarem de comunicar às autoridades competentes acerca de vazamento/lançamento de ‘petróleo cru’ no Oceano Atlântico que veio a poluir centenas de praias brasileiras”, dizem os procuradores. Eles dizem no pedido que “não há indício de cometimento de crime por parte das empresas que representam a Delta Tankers no Brasil”. “Porém, a medida cautelar de busca e apreensão não é dirigida apenas a suspeitos, mas a todos que possam estar de posse de documentos, informações e dados que auxiliem nas investigações.”

Veja Também

IBICARAÍ: SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA FAZ ENTREGA DE 50 MIL ALEVINOS

  A prefeitura de Ibicaraí, através de sua secretaria Municipal de Agricultura, Desenvolvimento Econômico e ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *