Home / Destaque / Livraria oferece livros de Direito a Moro: ‘primeiro contato com as leis brasileiras’

Livraria oferece livros de Direito a Moro: ‘primeiro contato com as leis brasileiras’

A Livraria Leonardo Da Vinci, no Rio de Janeiro, decidiu oferecer um ano grátis de livros de Direito ao procurador Deltan Dallagnol e ao ministro da Justiça Sérgio Moro. De acordo com a loja, esse “primeiro contato com as leis brasileiras e o pensamento jurídico universal fará bem à suas excelências e ao país”.   A loja fez o comunicado nesta quarta-feira (14), a partir de um post em suas redes sociais. A ação teve repercussão imediata, e diversos perfis entraram na brincadeira. Comentários como “o Moro já disse que só lê biografias”, e “deveriam também dar alguns livros sobre ética, porque eles desconhecem esse conceito” foram feitos pelo usuários.   A Leonardo da Vinci aproveitou pra convidar os interessados para uma mesa sobre a vida dos principais editores de livros durante a ditadura civil-militar. A mesa, segundo a livraria, pretende falar de um tempo em que livrarias “eram explodidas pelos fascistas que toda época produz. O evento começa às 18h desta quinta-feira (15).     Veja a publicação:    Foto: Reprodução | Instagram   

Veja Também

Presidente eleito do TJ-BA reconhece que Judiciário ganha bem e fala de prioridades

Presidente eleito do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Lourival Trindade admitiu que o Judiciário ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *