Home / Destaque / Prisão de Temer foi fruto de desdobramento de três operações do MPF e da PF

Prisão de Temer foi fruto de desdobramento de três operações do MPF e da PF

O ex-presidente Michel Temer (MDB) teve prisão preventiva decretada por desdobramentos das Operações Radioatividade, Pripryat e Irmandade. As ações do Ministério Público Federal e da Polícia Federal investigam delitos de corrupção ativa e lavagem de dinheiro elacionadas às obras de construção da Usina Nuclear de Angra 3, localizada na praia de Itaorna, em Angra dos Reis.   Além do emedebista, o juiz federal Marcelo da Costa Bretas, titular da 7ª Vara Federal Criminal no Rio de Janeiro, também soliticou a prisão preventiva de João Batista Filho, o Coronel Lima, amigo do ex-presidente, a mulher dele, Maria Rita Fratezi, seu sócio, Carlos Alberto Costa e o filho Carlso Alberto Costa Filho, o ex-presidente da Eletronuclear Othon Luiz Pinheiro, Vanderlei de Natale, Ana Cristina da Silva e Carlos Alberto Montenegro Gallo.    A Justiça também pediu a prisão temporária de Rodrigo Castro Alves Neves e Carlos Jorge Zimmermann. De acordo com o jornal Estado de S.Paulo, são cumpridos mandados de busca e apreensão nos endereços desses investigados, assim como de Maristela Temer, Othon Luiz Pinheiro da Silva, Ana Cristina da Silva Toniolo e Nara de Deus Vieira.

Veja Também

PRESIDENTE DA ALBA, NELSON LEAL VISITA HOSPITAL CRISTO REDENTOR EM ITAPETINGA

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia – ALBA, o deputado estadual Nelson ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *