Home / Destaque / ITABUNA: SEM ISENÇÃO DE IPTU, PENALTY E TRIFIL (LUPO) PODEM DEMITIR MAIS DE 3 MIL PESSOAS

ITABUNA: SEM ISENÇÃO DE IPTU, PENALTY E TRIFIL (LUPO) PODEM DEMITIR MAIS DE 3 MIL PESSOAS

trifil

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, sem partido, enviou para câmara o projeto pedindo a isenção de IPTU para as industrias do Polo Industrial da cidade pelo prazo de 10 anos.

O governo alega que essa isenção é importante para a cidade manter os mais de 3 mil empregos na Penalty e Trifil (Lupo), e ainda pode ampliar, chegando a quatro mil funcionários.

Caso o projeto não seja aprovado, as duas empresas poderiam avaliar as propostas de outros municípios e gerar desemprego na cidade.

A relatora do projeto, Charliane Sousa (PTB), marcou para a próxima quinta-feira, a partir das 14 horas,  uma audiência publica para tratar sobre o assunto. A vereadora declarou que “ os requisitos observados para a isenção, como prova de regularidade fiscal e previdenciária são, dentro outros, quantitativo mínimo de 500 funcionários por empresas e novas contratações de funcionários, com aumento de 20% por ano”.

Já o vereador Chico Reis (PSDB), sugeriu ao governo apresentar um aditivo para isenção de alvarás das indústrias:

“ Acho que esse projeto tem que ser aprovado, assim como a isenção de alvará, pois são mais de três mil empregos diretos, o que mais tem são municípios querendo tirar essas duas industrias de Itabuna”, declarou Chico.

O blog consultou o estudante Carlos Alberto, que comentou sobre o tema:

“ Itabuna vem passando por uma longa crise financeira, a classe política não pode dificultar a vida dos trabalhadores, os vereadores em obrigação de aprovar esse projeto para manter os as vagas de trabalho”.

Veja Também

VIVA ILHÉUS ENTRA OFICIALMENTE PARA O CALENDÁRIO JUNINO BAIANO

  Ilhéus não terá festejos oficiais de São João. No entanto, o Viva Ilhéus entra ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *