Home / Destaque / Paulo Afonso: Acusado de matar vigilante há 3 anos é condenado a 30 anos de prisão

Paulo Afonso: Acusado de matar vigilante há 3 anos é condenado a 30 anos de prisão

Um homem foi condenado a 30 anos de prisão por matar um homem após uma discussão em um bar em Paulo Afonso, na divida da Bahia com Sergipe e Alagoas. Lucas Santos Caetano da Silva foi condenado por um júri ocorrido na última quinta-feira (31). O crime que levou a óbito o vigilante Edjalma Matos da Silva ocorreu em fevereiro de 2015, segundo o Blog do Ozildo Alves.   Outra pessoa que estava com Edjalma da Silva foi atingida, mas sobreviveu. A sessão conduzida pela juíza Janaína Lopes teve a denúncia do Ministério Público estadual (MP-BA) sustentada pelo promotor de Justiça Igor Clóvis Miranda. Conforme o promotor, o condenado teria agido por motivo fútil e desferido vários disparos de arma contra a vítima e o colega dele. 

Veja Também

Justiça bloqueia R$ 3,6 bi de MDB, PSB, políticos e empresas na Lava Jato

O TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) determinou o bloqueio de ao menos R$ ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *