Home / Uncategorized / Biofábrica de Cacau tem assegurado convênio por mais quatro anos

Biofábrica de Cacau tem assegurado convênio por mais quatro anos

 

O secretário estadual de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, em visita de avaliação e balanceamento à unidade de produção de mudas do Instituto Biofábrica de Cacau (IBC), situada na Estada do Chocolate ( Ilhéus/Uruçuca), no distrito de Banco do Pedro em Ilhéus. Representaram o município, o superintendente de Ações Regionais, Angelito Dias, e o diretor de Fomento e Promoção da Secretaria Municipal de Turismo, Gerson Marques.

Estiveram presentes também o diretor-presidente do IBC, Lanns Almeida, o chefe de gabinete da secretaria estadual, Jeandro Laytyher, e líderes políticos dos municípios de Ilhéus, Itabuna, Camacan, Pau Brasil, Santa Luzia e Ibicaraí, além de representantes da Ceplac, universidades, agricultores e produtores. O secretário Jerônimo Rodrigues destacou balanço positivo do convênio entre o Governo do Estado e o IBC, para a produção de mudas destinadas à agricultura familiar.

“Compreendemos o posicionamento da Biofábrica diante da cultura e cadeia produtiva do cacau na região, e isso gera credibilidade e confiança no convênio entre Governo do Estado e o Instituto Biofábrica de Cacau, pois sabemos que está sendo beneficiado quem realmente precisa”, enfatiza. O secretário adiantou que o convênio estará em vigor por mais quatro anos, a fim de garantir o replantio de mudas certificadas, não só de cacau, mas demais produtos pertencentes à região cacaueira e outros biomas do estado, tais como abacaxi vitória, açaí, cupuaçu, mandioca, entre outros.

Para Gerson Marques, a Biofábrica tem um papel fundamental na soma de diversas instituições para pavimentar o novo cenário da cacauicultura regional, que embarca um olhar mais amplo e muito mais tecnológico do que antes. “Fico sempre animado, pois acompanho o trabalho da Biofábrica desde o início, e é visível o ganho de produtividade e qualidade da instituição”, ressalva Gerson.

O pesquisador da Ceplac e conselheiro do IBC, José Marques Pereira, também salientou a importância dessa unidade de produção para a lavoura cacaueira. “Discutimos aspectos importantes a fim de tornar viável um plano de desenvolvimento para lavoura cacaueira da região, através dos progressos da Biofábrica, não somente no contexto do cacau, mas também diversificando em outros produtos”, salienta.

Instituto Biofábrica de Cacau – É uma Organização Social vinculada ao Governo do Estado da Bahia, que tem como missão produzir, multiplicar e distribuir aos agricultores materiais genéticos de mudas de alto valor agronômico. Possui uma área total de 63 hectares, com 20 vinte viveiros de mudas, sendo a maior área de viveiros em campo aberto do mundo. A capacidade de produção é de até 12 milhões de mudas ao ano.

Comitiva visitou a Biofábrica de Cacau e destaca qualidade da produção de mudas (Divulgação)

 

Veja Também

Uesc pode ter greve geral a partir de abril

Um comando de mobilização foi criado com o objetivo de efetivar ações de mobilização interna ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *