Home / Destaque / Empresa de Simões Filho é condenada a indenizar motorista vítima de assalto

Empresa de Simões Filho é condenada a indenizar motorista vítima de assalto

A empresa de ônibus Expresso Metropolitano Transportes Ltda., sediada em Simões Filho, indenizará um motorista de coletivos vítima de assalto no ano de 2012. A empresa foi condenada pela Segunda Turma do Tribunal Superior do Trabalho a pagar cerca de R$ 20 mil por danos estéticos e mais R$ 50 mil por danos morais.    De acordo com o portal do TST, a Turma concluiu que o empregado correu risco inerente à atividade profissional no momento em que estava exercendo sua função como motorista durante o assalto.    Segundo a vítima, por meio de uma declaração trabalhista, os motoristas e cobradores da Expresso Metropolitano eram por diversas vezes vítimas dos criminosos, mas a empresa, mesmo ciente dos acontecimentos, não tomou nenhuma atitude. A Expresso, no entanto, se defendeu ao afirmar que não pode ser punida pela “precariedade da segurança pública”, direcionando a responsabilidade para o governo do estado.    Em abril de 2012 a vítima recebeu dois tiros no pescoço e no ombro. No momento do assalto, os criminosos pediram a sua carteira. Mesmo tentando explicar que seus pertences estavam dentro do porta documentos, o motorista recebeu os disparos. 

Veja Também

Após derrotas e pé no STF, Moro tenta salvar sua principal bandeira

=Após sucessivas derrotas, a mais recente envolvendo o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *