Home / Destaque / MUTIRÃO DO DIABETES DE ITABUNA REÚNE 20 MIL PESSOAS

MUTIRÃO DO DIABETES DE ITABUNA REÚNE 20 MIL PESSOAS

Mutirão do Diabetes, na Praça Rio Cachoeira, em Itabuna. Foto: Divulgação

O 14º Mutirão do Diabetes de Itabuna, que aconteceu no último sábado (10), em Itabuna, reuniu cerca de mil voluntários entre profissionais de saúde, estudantes e pessoal de apoio, chegando ao número recorde de quase 20 mil participantes, com a realização de múltiplas ações de prevenção e exames médicos e laboratoriais, com acompanhamento dos casos mais graves para tratamento.

Promovido pela ONG Unidos pelo Diabetes, Hospital de Olhos Beira Rio e Associação dos Diabéticos de Itabuna, contou com a presença de representantes de cidades brasileiras, que vieram conhecer e replicar o modelo itabunense. “Esse mutirão tem uma característica multidisciplinar, que atuam nas várias formas de prevenção e tratamento, como olho, rim e pé. É um projeto fantástico, que pretendemos implantar inicialmente em São Gonçalo, na Baixa Fluminense, e levar para outras regiões do Estado”, disse o médico Eduardo Novais, do Rio de Janeiro.

MUTIRÕES EM 20 CIDADES

O presidente do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), Dr. José Augusto Alves Ottaiano, um dos grandes parceiros do mutirão, ressaltou que “o que se realiza em Itabuna é um exemplo para o país e cerca de 20 cidades já estão promovendo mutirões a partir desse projeto de saúde pública desenvolvido pelo Dr. Rafael Andrade”. Neste mesmo sábado os mutirões estão ocorrendo simultaneamente em São Paulo, Petrolina, Ribeirão Preto, Feira de Santana, Campo Grande e São Paulo.

Para o presidente da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo (SBRV), Dr. Magno Ferreira “esse é um trabalho que orgulha a classe médica e todos os profissionais e voluntários envolvidos, porque beneficia milhares de pessoas, que deve ser expandido para todo o Brasil”. No dia 15, o Dr. Magno coordena o primeiro mutirão do Diabetes em Uberlândia (MG), seguindo o modelo Itabunense.

Solange Travassos, da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), apoiadora do Mutirão de Itabuna, destacou que “essa é uma doença que afeta milhões de pessoas e o mutirão, com seu foco na prevenção orientação, possam levar uma vida saudável”. “Hoje é um dia especial para Itabuna, porque estamos valorizando a saúde, a vida dos nossos cidadãos, um trabalho que devemos manter durante todo ano”, ressaltou o prefeito Fernando Gomes.

O presidente da ONG Unidos pelo Diabetes e coordenador do mutirão, Dr. Rafael Andrade, afirmou que “é gratificante ver toda a cidade mobilizada por uma causa. O Mutirão do Diabetes demonstra que, através do envolvimento da sociedade organizada, é possível melhorar as condições de vida das pessoas, não apenas na saúde, mas também em outras áreas”.

Durante o mutirão, foram realizados exames de pé, fundo de olho, e rim diabéticos, cardiologia e testes de glicemia, além de orientações sobre prevenção, direitos, nutrição saudável, atividades físicas, etc., em estandes montados na Cidade do Diabetes. O Mutirão foi encerrado com um show com artistas regionais, intercalado e mensagens sobre prevenção, no programa Balanço Geral na Praça, transmitido pela Record TV Cabrália, com Tom Ribeiro, com alcance potencial de cerca de 2 milhões de telespectadores.

Veja Também

ILHÉUS: JUSTIÇA BLOQUEIA BENS DE VEREADOR E SUSPENDE ATIVIDADES DE EMPRESAS

Nesta terça-feira o juiz 1ª Vara da Fazenda Pública de Ilhéus, Alex Venicius Miranda deferiu ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *